terça-feira, 18 de março de 2014

Rabugice

Até agora nada de novo, esta busca incansável por um lugar (literalmente) vezes sufoca, vezes liberta... Não há um meio seguro para estar lá, mas algo dizia que estava quase. Eis a questão, o quase. Não é o sim ou o não, ou o nunca, mas o quem sabe, o quase que me mata e tira o sono. Não está péssimo, não está ótimo. Está bom. Mas já esteve melhor. Vou fazer, só preciso esperar acontecer. Isso ou aquilo. E nada.

"Afinal de contas, o que você quer?"
"Diga-me você, também gostaria de saber."

E assim segue, tateando por todos os lados até poder acender a luz.

2 comentários:

  1. Desabafo legal,curti as palavras =)
    Gostei do teu Blog... Seguindo!!
    Vem conhecer meu cantinho...

    www.danicursino.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Dani! Vou passar por lá sim =)
      Beijos

      Excluir

Obrigada por deixar seu recado =)